Serviço criado com o objetivo de abstrair toda complexidade de comunicação com a API do RENAJUD-WS, além de notificar o processo judicial dos principais eventos.

1. Como funciona

O processo de inclusão / exclusão de restrição judicial de condutor e / ou veículo é executado em duas etapas. A primeira consiste no cadastro da inclusão ou exclusão de restrição judicial. Neste momento, o sistema RENAJUD-WS não é invocado. Na segunda etapa, o usuário precisa confirmar o que foi feito na etapa anterior. Uma vez confirmado, as informações de restrição judicial (inclusão ou exclusão) são repassadas ao RENAJUD-WS.

Para finalizar, o renajud-service produz um documento e o encaminha (por meio do mni-client-service) ao sistema que realizou as operações.

Diagrama de integração
Figure 1. Diagrama de integração

2. Testes

Somente será dado acesso ao código fonte deste projeto àqueles que efetivamente irão contribuir com o seu desenvolvimento. Portanto, é necessário haver pelo menos uma demanda aberta e aprovada no sistema de controle de demandas (Jira) para o projeto PJEREN.

2.1. Remoto

2.1.1. Obtenção de credencial de acesso

O usuário deve ter cadastrado no Corporativo - Sistema de Controle de Acesso e possuir o perfil ASSESSOR ou JUIZ para o sistema renajud-service.
Execute o comando abaixo
$ curl --location --request POST 'https://sso.stg.cloud.pje.jus.br/auth/realms/pje/protocol/openid-connect/token' \
--header 'Content-Type: application/x-www-form-urlencoded' \
--data-urlencode 'client_id=renajud-service' \
--data-urlencode 'grant_type=password' \
--data-urlencode 'username=[USUARIO_CORPORATIVO]' \
--data-urlencode 'password=[SENHA_CORPORATIVO]'

2.2. Local

Execute o comando abaixo
$ docker container run --rm --name renajud -it -p 8686:8686 \
-e EUREKA_CLIENT_ENABLED=false \
-e HOST_RENAJUD_WS=https://hom.renajud.estaleiro.serpro.gov.br/renajud-ws \
-e SPRING_PROFILES_ACTIVE=security-bypass \
-e LOGGING_LEVEL_BR_JUS_PDPJ=DEBUG \
registry.cnj.jus.br/pdpj/renajud:latest
Table 1. Variáveis de configuração
Variável Descrição Valor padrão

DB_DRIVER

Driver do banco de dados

org.h2.Driver

DB_PASSWORD

Senha do usuário do banco de dados

DB_URL

URL do banco de dados

jdbc:h2:mem:renajud;DB_CLOSE_ON_EXIT=FALSE

DB_USER

Usuário do banco de dados

sa

EUREKA_CLIENT_ENABLED

Indicativo de que o serviço deve ou não se registrar no service discovery

true

EUREKA_SERVER_DEFAULT_ZONE

URL do service discovery

http://localhost:8761/eureka

GATEWAY_URL

URL do gateway

http://localhost:8180

HOST_RENAJUD_WS

Host da API de serviços do RENAJUD-WS

SERVICE_PORT

Porta do serviço

8686

SPRING_PROFILES_ACTIVE

Profile relacionado à camada de autenticação / autorização. Valores possíveis: security-bypass ou security-keycloak

SSO_AUTH_SERVER_URL

URL de autenticação do serviço de SSO (keycloak)

http://localhost:9180/auth

SSO_REALM

Domínio da política de segurança configurado no serviço de SSO (keycloak)

pje

SSO_RESOURCE

O identificador do cliente (client-id) no serviço de SSO (keycloak)

renajud-service

3. Principais tecnologias utilizadas

3.1. Linguagem de programação

Java versão 11

3.2. Framework(s)

SpringBoot 2

3.3. Armazenamento dos dados

Banco relacional H2 ou PostgreSQL com enconding UTF-8

4. PJe

Esta seção é dedicada exclusivamente à utilização do renajud-service pelo PJe.

4.2. Configuração

  1. Cadastrar fluxo processual

    Um exemplo de fluxo pode ser obtido aqui. Neste arquivo consta a criação do nó de tarefa responsável por apresentar a interface de comunicação com o renajud-service. Além disso, duas outras importantes funcionalidades estão presentes:

    • Possibilidade de verificar os logs do sistema.

    • Possibilidade de reenvio de documento.

5. Comunidade

5.1. Dúvidas

Faça parte da nossa comunidade no rocket.chat. Acesse https://rocketchat.cloud.pje.jus.br/channel/renajud.

5.2. Requisição de melhorias e correções de defeitos

Pode-se abrir uma demanda no sistema Jira para o projeto PJEREN.